2008/12/10

Anúncios de emprego

Alguém me consegue explicar qual é o problema que as empresas portuguesas têm em colocar um salário ou intervalo possível de salários nos seus anúncios de emprego?

Há pouco estive a passar os olhos num site desses anúncios e, como sempre, não vi qualquer referência a um salário que fosse, tirando o típico "Pacote salarial aliciante de acordo com a experiência" ou o "Remuneração acima da média".

Já há bastante tempo que não procuro emprego nem vou a entrevistas, mas para quem tem andado nisso, não será frustrante seguir o processo todo de: responder ao anúncio, ir à entrevista, ser entrevistado e no fim deparar-se com uma oferta inferior ao que a pessoa já aufere?

Acham que um site de anúncios de emprego que tenha a informação de qual o salário proposto para cada anúncio tem saída em Portugal? Haverão empresas que se sujeitem a ser diferentes do geral?

1 comentário:

Luís Silva disse...

Estes filhos da puta poderiam argumentar que "mediante as capacidades de uma pessoa poderão pagar um salário diferente" mas a verdade não é essa: eles querem é ver o MÍNIMO que arranjam alguém para fazer a função.

Eu desde que vi um anúncio onde pediam um gajo que soubesse tudo e mais alguma coisa (em relação a informática) e depois diziam: "atenção, não queremos gurus! Aliás, isso é um ponto negativo na entrevista"...

Mas que merda é esta?!?!

Ah..e tenho uma situação onde uns idiotas ficaram ofendidos por eu ter ligado a perguntar qual era o salário que eles esperavam para um determinado cargo (não queria gastar o meu tempo nem o deles).

No final excluíram a minha entrevista (ainda bem que assim não me fizeram gastar mais tempo)!

Hugz,
Luís